Na Pista da Vida (Livro: Um Caminho no Deserto)

13/05/2012 08:30

O escritor dedicou estes versos ao seu filho quando completou 16 anos de idade

 

Na Pista da Vida

Na pista parabólica da vida,

Tu completaste a 16ª volta;

Não dispenses à queda voz sentida,

 E ao fracasso não olhes com revolta

 

A existência é simbólica, corrida...

Por isso, aos céus teus pensamentos solta,

 E à conquista do Bem porfia e lida

Que, na senda do Amor, DEUS nos escolta!

 

Sê bom, meu filho! Sê humilde e franco!

Sê força e encanto para a infância linda,

Sê sol à neve do cabelo branco!

 

E então verás, na tua mocidade,

Que, amando a DEUS  e ao próximo, é que ainda

Se açcança a meta da felicidade

Extraído do livro "Um Caminho no Deserto"    autor: Mário Barreto França